Páginas

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Precioso óleo de buriti ..:.. rasayana para Vata




O nome Buriti vem do tupi mburiti. Buriti na língua indígena significa “árvore que emite líquidos” ou “árvore da vida”. Considerada sagrada pelos índios por dela se fazer tudo o que é necessário para sobrevivência, a casa, os objetos e a alimentação. Originário do Brasil ocorre naturalmente isolada ou em grupos, predominantemente em terrenos pantanosos. O óleo extraído da polpa apresenta composição graxa rica em ácidos graxos insaturados (ácidos palmítico e oléico); alto teor de carotenóides, comportando-se como uma das fontes mais ricas em pró-vitamina A; alta concentração de tocoferóis com excelente atividade antioxidante e alta estabilidade oxidativa. O óleo de Buriti aumenta a elasticidade e diminui o ressecamento da pele exposta à radiação solar; auxilia na regeneração dos lipídeos da camada córnea. Seus princípios ativos, com propriedades curativas e cicatrizantes, aliviam queimaduras,proporcionando proteção natural à pele com os raios UV do sol.

Ayurvédicamente, o óleo de buriti tem sabor (rasa) bem doce, levemente picante e bem no finalzinho consegue-se perceber também um pouco de amargo. Tem Virya (potência) quente; é pesado, nutritivo e denso. Perfeito para peles Vata e principalmente para tratamentos de rasayana (rejuvenecimento) neste dosha. Tem alto poder de ser absorvido pela pele, deixando-a com uma aparência de luminosidade e nutrição perfeitas.A cor do óleo de buriti lembra muito o dendê, é laranja dourado e chega a cintilar, acredito por tudo isso que seu prabhava é muito auspicioso e satwico.

A riqueza da flora amazônica é um grande presente para que trabalha com medicina ayurvédica, mas devemos sempre buscar a origem quando adquirimos um óleo ou qualquer produto de lá. Buscar empresas que trabalham com as comunidades tradicionais e sustentabilidade é praticar um bom karma, preservar as verdadeiras riquezas do nosso planeta e agir com consciência.


namasté!!


ácidos graxos insaturados citados:

ácido palmítico
É o ácido graxo mais abundante no leite materno. É considerado um elevador dos níveis de colesterol, porém óleos que possuem conjugação palmítico-oléico (saturado-insaturado) balanceada como o dendê, que ainda possui alto teor de carotenóides, não desencadeiam este efeito sobre o organismo.

Propriedades:
- Anti-viral e bactericida.
- Hidrata e dá um toque aveludado à pele (protege a pele dos efeitos irritantes dos sabonetes, detergentes, diminuindo sua irritação).

ácido oleico

Propriedades:
- Hidratante, lubrificante e umectante da pele, evita a perda de água pelos poros.
- Ação bloqueadora dos raios UV do sol (filtro solar).
- Protetor e regenerador da pele dos danos causados por queimaduras causadas pelos raios solares.
- Ação benéfica sobre os vasos sanguíneos e coração, aumentando o bom colesterol.

Nenhum comentário:

Postar um comentário