Páginas

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Iridologia: auto-conhecimento através da Íris



"Os olhos são a janela da alma,
a íris é o espelho do corpo"



Quanto tempo passamos diariamente em frente ao espelho? Você já parou para examinar com atenção os seus olhos?

A parte colorida do olho é chamada de íris e cada ser humano possui impresso nela muitos sinais como manchas, riscos, pétalas, pigmentos.. únicos em cada pessoa e riquíssimo em particularidades. Estas informações dizem muito sobre nossa personalidade, nossas influencias genéticas e como nossa mente e o nosso organismo funcionam. A ciência que estuda estes sinais e suas relações é chamada de iridologia ou irisdiagnose. Como uma impressão digital, a íris de uma pessoa nunca é igual a de outra.






Na Grécia antiga, Íris era tida como a deusa da mutação e da morte, por isso consideravam esta parte do olho o reflexo das metamorfoses da vida ocorrentes com o passar dos anos.




Através da observação da Íris podemos conhecer a constituição de cada pessoa, reconhecer como os órgãos e sistemas do corpo estão funcionando, avaliar possíveis desequilíbrios e indicar sensibilidades orgânicas. Além disso pode-se também observar deficiências nutricionais e trânsito ou acúmulo de toxinas principalmente no sistema digestivo.
A iridologia é de grande importância para um terapeuta pois ela auxilia na precisão de um diagnóstico, bem como nas escolhas da terapêutica. Durante um tratamento de desintoxicação, por exemplo, pode-se acompanhar a evolução do mesmo, observando a "limpeza" da Íris, que pode ser constatada pela mudança nos tons das cores ali presentes tanto geral como dentro de alguma lesão.

A Iridologia esteve presente nas antigas civilizações como na Grécia, Babilônia e Egito.Mas foi Ignatz Von Peczely, um menino húngaro de 10 anos quem codificou a iridologia. Ele começou suas descobertas quando machucou acidentalmente a pata de uma coruja e percebeu que neste exato momento um sinal aparecia na Íris do animal e, conforme a coruja curava-se o sinal ia se transformando.

(acima pode-se observar alguns sinais iridológicos comuns como psoras - manchas mais escuras, e pétalas - aberturas ovais na fibra da íris)


Existem, segundo Celso Batello, duas principais linhas de estudo na Irisdiagnose: o modelo alemão e o método Rayid. O primeiro tem o estudo mais direcionado aos sitemas orgânicos e suas relações, também possuindo a área do estudo dos biótipos iridológicos. O método Rayid tem um estudo mais inclinado a iridologia comportamental, preconizando o estudo das heranças genéticas adquiridas dos pais e suas relações com a psique humana. (leia mais sobre a história da iridologia, clique aqui)

No livro Iridilogia e Irisdiagnose do Dr. Celso Batelo, existe um mapa condensado de iridologia. Este mapa é o mais utilizado por iridólogos:


(acima, mapa condensado de iridologia, clique sobre a imagem para ampliar)

Na ayurveda, observar os olhos também faz parte de uma boa avaliação constitucional, mas este método de diagnóstico não foi aprofundado. Na minha experiência profissional, costumo identificar nítidamente as relações entre os doshas (biótipos ayurvédicos) e os sinais que aparecem na Íris, e principalmente as mudanças durante e após um tratamento. Em consultório considero esta ferramenta indispensável pois muitas vezes ela me diz muito mais sobre o paciente/interagente do que muitas vezes ele mesmo. Os olhos não mentem, são preciosas obras de arte da alma e do corpo humano.

(abaixo, os 4 principais biotipos da iridologia comportamental segundo Denny Johnson - método Rayid)





Livros sobre iridologia e referências deste post:

Psicoiridologia - Jund e o método Rayid, Celso Battelo - 2009

Iridologia Total, Celso Battello- Ed. Ground

Iridologia e Irisdiagnose, Celso Battello - Ed. Ground

The Science and Practice of Iridology, Bernard Jensen, DC., ND - Whitmann Publications

Iridology Simplified, Bernard Jensen, DC., ND

Iridologia Integrada, Gurudev Singh Khalsa - Ed. Madras

O Olho Revela, Denny Johnson - Ed. Ground

Um comentário:

  1. onde encontrar o profissional de iridologista no rio de janeiro ou regiao dos lagos

    ResponderExcluir