Páginas

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin

domingo, 8 de novembro de 2009

Garbhini Paricharya parte I

Cuidados ayurvédicos durante a gestação
A gravidez é para as mulheres um dos momentos mais importantes e mágicos da vida. Observar uma mulher grávida é como adorar uma Deusa da fertilidade. É nesta fase onde o poder feminino de criação e transformação transbordam por todos os poros da mulher, manifestando a energia de Shakti ou o poder criativo da Deusa. Esta intensa transformação que é a gestação traz mudanças não apenas para o corpo, mas para toda a vida da mulher. Uma explosão de hormônios passa a circular pela corrente sanguínea: o cheiro muda, o cabelo e pele se tornam mais viçosos e brilhantes, o desejo sexual assim como o magnetismo pessoas aumentam.




A Ayurveda possui uma especialidade totalmente destinada a todo o período pré-gestacional, gestacional e pós-gestacional. Este estudo está contido no Prasoothi Tantra que está dividido em três partes:


1. Garbhini paracharya, com avaliação do estado de gravidez e recomendações que devem ser seguidas durante a gravidez como alimentação, massagens, ingesta de ervas, rotina diária e exercícios etc..

2. Prasava Kaala Paricharya, que traz recomendações de como proceder com as dores durante o trabalho de parto, do nascimento do bebê e até a expulsão da placenta e,

3. Soothika paricharya, que trata dos cuidados pós natais com a mãe e com o bebê.



Além destas orientações contidas neste texto, os textos antigos (neste caso o Charaka Samhitá) descrevem dezenas de rituais que devem ser executados desde o momento em que o casal decide ter um filho: preparar a mente, purificar o corpo e fortalecer o shukra dhatu (tecido reprodutivo) com ervas e alimentação apropriada. O período (15 dias) que antecede a concepção e a primeira semana após a concepção também são de profunda importância energética para as características que a criança poderá desenvolver.




Para ilustrar , traduzi um pedacinho de um texto que trata da concepção e está no livro The Legacy of Charaka, página 192:

"Se a mulher deseja ter um filho com o corpo e com a mente fortes, justo, energético e com olhos castanho-avermelhados radiantes, deve seguir um regime especial durante uma semana após a concepção. Após o banho, deve beber um preparado com mel, ghee e cevada misturados com leite de uma vaca branca com um bezerro branco. Esta mistura deve ser bebida em um copo feito de prata ou cobre após todas as refeições.."


O sexo da criança também pode ser influenciado segundo a Ayurveda: o casal deve manter relações sexuais entre o 8° dia do ciclo menstrual até o 16° dia. Os dias mais auspiciosos para a concepção de uma menina são os dias ímpares do ciclo (9, 11 13 e 15) e para ter um filho homem, os dias pares (8, 10, 12, 14 e 16).Neste rico conhecimento milenar ao qual a Ayurveda se sustenta, os rituais não são menos importantes que, por exemplo, uma rotina diária com alimentação adequada.




(continua...)


Nenhum comentário:

Postar um comentário