Páginas

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Abhyanga



Quando se fala em tratamento ayurvédico, logo vem á mente uma massagem com muito óleo - muito mais óleo do que em uma massagem tradicional, e o conceito de abhyanga é exatamente este: olear, espalhar óleo, untar. O abhyanga é uma terapia de snehana (oleação) que pode ser traduzida por óleo, mas também por carinho e afeto. É a massagem mais usada nos tratamentos ayurvédicos, sendo base para todas as outras e realizada quase sempre antes de outras modalilades. O abhyanga é uma oleação feita com óleo morno escolhido de acordo com obiotipo (dosha) do paciente, sendo que o tempo, o ritmo e a pressão também seguem este conceito. Durante o tratamento todos os pontos marma são manipulados com a função de mobilizar toxinas para que elas sejam eliminadas e leves alongamentos são realizados com a mesma função.

A Ayurveda tem uma abordagem diferente da massoterapia que, utiliza as manobras principalmente com fins de relaxamento muscular e emocional. A massagem é a principal ferramenta terapêutica nos tratamentos ayurvédicos pois é através dela que as toxinas são mobilizadas pelo organismo e o maior órgão do corpo humano, a pele, é utilizado como via de absorção das ervas medicinais contidas nos óleos preparados.


Funções do abhyanga:
1. absorção de óleo medicado via cutâneo
2. mobilização de toxinas (ama): para ayurveda, as toxinas se manifestam através de ama, uma substância tóxica e pegajosa que gruda nos tecidos do corpo como um chiclé. Para remover ama do corpo deve-se fazer com que ela retorne para seu local de origem - o sistema digestivo, para que possa ser digerida e eliminada do corpo. Neste caso, o óleo e os movimentos da massagem é que fazem com que as toxinas desgrudem dos tecidos.
3. Ativer pontos de reflexologia estimulando os pontos Marmas.
4. Desbloquear os srotas (canais físicos) e os nadis (canais sutis).

Indicações do abhyanga:
1. Como Purva Karma - preparação do Panchakarma (cinco processos de desintoxicação profunda que tem o objetivo de eliminar o dosha em excesso que está causando doença).
2. Como terapia de Shamana ou pacificação do dosha desequilibrado.
3. Como terapia de tonificação e rejuvenecimento – rasayana. Assim como as massagens sistêmicas, o abhyanga promove uma maior oxigenação dos tecidos do corpo. Para a ayurveda, prana, a energia vital é carregada pelo oxigênio em nossa corrente sanguínea e o abhyanga aumenta a concentração desta energia vital no corpo.
4. Como terapia anti-vata ou para reduzir o dosha Vata

Contra indicações:
1. Febre – para a Ayurveda, a febre consiste em ama não digerida, a massagem neste caso pode piorar os sintomas pois espalha ainda mais as toxinas pelo corpo.
2. Excesso de Ama – observe se a língua apresenta saburra branca e espessa, neste caso é melhor ingerir ervas que eliminem este excesso antes de começar o tratamento. Três dias tomando trikatu devem ser o suficiente.
3. Diarréia
4. Indigestão, intoxicação alimentar e logo após refeição
5. mestruação





abhyanga é uma prática execente para todos os doshas, mas é diferente para cada um: um abhyanga para vata deve ser lento, com toque e manobras firmes e óleo em abundância de qualidade quente; pitta requer um óleo frio como o de côco, um toque constante e ritmo moderado. O abhyanda em Kapha deve ser com manobras vigorosas e profundas, com pouco óleo e rápida.


Óleos para Vata: pesados e quentes
Gergelim
Rícino
Buriti
Dendê
Avelã
Castanha do pará

Óleos para Pitta: leves e frios
Côco
Oliva
Semente de uva
Abacate
Girassol
Palmiste
Açafrão (cúrcuma)

Óleos para kapha: leves, quentes e adstringentes
Mostarda
Linhaça
Milho
Papoula
andiroba


Receber abhyanga é uma terapia de auto-conhecimento. Quando somos tocados em regiões que geralmente nos passam despercebidas, experenciamos novas sensações de dor e prazer. O toque traz atenção e presença para o momento e por consequencia o auto-conhecimento do corpo.



Sobre massagem ayurvédica...

A massagem ayurvédica popularmente conhecida no ocidente por ayurvedic tradicional yoga massage, que é realizada com pó e óleo de gergelim, movimentos de alongamento derivados do Yoga e a utilização do pé do terapeuta sobre o corpo não é a verdadeira massagem ayurvédica. Uma massagem para ser considerada ayurvédica, necessariamente deve levar em consideração o biotipo ou dosha do paciente, esta modalidade de massagem se encaixa dentro da ayurveda e é uma mistura de Padha abhyanga com udwartna, e pode desequilibrar ainda mais quem a recebe. Por isso é muito importante uma boa consulta ayurvédica antes de começar qualquer tratamento. Recomendo esta prática maravilhosa para pessoas Kapha e para alguns Pitta mas nunca para Vata.

Onde comprar ghee e óleos medicados e para massagem?
Visite nosso site para cohecer a manteiga ghee e óleos especias que fabricamos com muito amor e qualidade. https://www.yamuna.com.br

4 comentários:

  1. Cara Daine,
    Boa noite,
    De acordo com o óleos indicados para Vata, quais as melhores especiarias para juntar aos referidos óleos.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Oi André,
    geralmente não se usam especiarias para massagem em pitta. Ervas em pó são mais para udwartna em pessoas do biotipo Kapha.

    Para pitta deves escolher um óleo leve e frio, como côco e girassol. Essencias frescas, doces e calmantes.
    lavanda, gerânio, olíbano, vetiver, hortelã pimenta, alecrim, sálvia esclaréia são óleos essenciais indicados, pode conferir na postagem sobre aromaterapia outras dicas. O capim limão é interessante apesar de ser um pouco quente.

    Óleos medicados com ervas anti-inflamatórias e usar pós apenas se a pessoa de natureza pitta estiver com desequilíbrio em kapha, aí voc~e pode pensar em um pó de alecrim para o udwartna.

    espero que ajude,
    abraços

    ResponderExcluir
  3. Para Vata use escolha um óleo nutritivo como geregelim e essencias sedativas e/ou tonificantes: OE cravo, lavanda, patchouli, bergamota (cuidado com o sol).. nunca use ervas em pó em pessoas vata. Muito óleo e calor.

    ResponderExcluir
  4. Boa noite. Adorei a reportagem, me ajudou muito, esclareceu muitas coisas. Super interessante, parabéns pelo belo trabalho! Seria interessante um post falando mais sobre a massagem de cada dosha..

    ResponderExcluir