Páginas

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Buttermilk

renovação e limpeza para o intestino 



O buttermilk ou Takra é uma bebida terapêutica a base de iogurte integral e água ou - no caso do buttermilk ocidental, no leitelho proveniente da elaboração do queijo e da manteiga. Segundo o Ayurveda, a principal característica do buttermilk é “laghu” – leve, possuindo os sabores doce, ácido e levemente adstringente, não causando peso quando consumido pois é facilmente digerido.

É indicado principalmente para a regulação da flora bacteriana intestinal e da capacidade de absorção e assimilação do organismo, no tratamento de anemias. O consumo continuo do buttermilk limpa e desintoxica os intestinos e alivia constipação. É rico em vitaminas do complexo B, cálcio, potássio e elementos probióticos, além de ser uma opção para pessoas com intolerância a lactose devido a baixa taxa deste açúcar estar presente no buttermilk. Fresco, é excelente bebida para Pitta, tonifica o intestino delgado e pode ser muito útil no tratamento de hemorróidas além de combater acne e espinhas – buttermilk é uma bebida com qualidades refrescantes, perfeitas para ser ingerido frio nas estações quentes.  Acalma e estabiliza o dosha Vata. Pode ser ingerido ocasionalmente por kapha (devido a sua leveza) mais diluído em água do que para os outros biotipos.

O buttermilk nunca deve ser fervido, apenas amornado. É indicado pela Ayurveda, como antídoto no uso indevido de ghee e oleações excessivas ou mal aplicadas  e utilizado como substituto do óleo na terapia do shirodhara para pessoas Pitta, sendo esta modalidade chamada de Takradhara.

 Receitas

Buttermilk  para Vata (salgado): 1 parte de iogurte integral 1 parte de água 1/3 colher de cafezinho de cominho, 1/4 colher de cafezinho de coentro, 2 pitadas de pimenta do reino, 1 pitada de sal 

Buttermilk para vata (doce): 1 parte de iogurte integral 1 parte de água 1/3  de colher de cafezinho de cardamomo em pó, ½ colher de cafezinho de erva-doce em pó, ½ colher de sopa água de rosas.
Buttermilk para Pitta: 1 parte de iogurte 1 parte de água 1/3 de colher de cafezinho de coentro em pó, 2 colheres de água de rosas, 4 folhas de hortã fresca.
Buttermilk para kapha: 1 parte de iogurte 1 e ½ parte de água, ½ colher de cafezinho de canela, 1 pitada de cardamomo e de pimenta do reino. Não adoçar.
Modo de preparo: Bata todos os ingredientes no liquidificador por 4 minutos e deixe descansar por meia hora. Observe que uma leve camada gordurosa irá se formar na superfície, ela pode ser retirada com auxilio de uma colher, mas não é necessário. Evite adoçar. Todas as receitas acimas podem ser feitas substituindo o iogurte pelo leitelho.

Como fazer o leitelho - buttermilk mais leve pouquícima gordura
1 colher de suco de limão para cada xícara de leite integral
Deixe a mistura descansar por algumas horas e coe separando o leite talhado do buttermilk. Pode ser guardado por 3 semanas na geladeira para o consumo. Quanto mais antigo, mais ácida a mistura vai se tornando.

Desintoxicação com buttermilk
Em terapias de desintoxicação, deve-se ingerir o buttermilk logo pela manhã. Ele deve estar morno – não esquente demais para não matar as bactérias do iogurte! E pode ser temperado com especiarias próprias para o seu dosha mas não deve ser adoçado, ingerir por 10 dias consecutivos.

4 comentários:

  1. Daiane, vc sabe o motivo do descanso de meia hora para a gente tomar nosso buttermilk?
    obrigado

    ResponderExcluir
  2. Sei sim Silvia, é porque o iogurte integral tem bastante gordura. Quando bate com a água fica mais fácil remover essa gordura que acaba se depositando na parte de cima da mistura. O descando é para dar esse tempo do buttermilk ficar bifásico. Pode reparar. Eu tomo tudo, mas para os kaphas é interessante retirar a "nata".

    ResponderExcluir
  3. obrigado!
    consegui observar com facilidade essa "separação", a gordura que forma no meu é praticamente imperceptivel, uma espuminha de nada, sera porque o meu soro veio de um iogurte magro?
    obrigado daiane.
    tentei fazer o soro com o leite, nao vingou! descobri muita gente que tambem nao conseguiu, e cada um atribui a uma causa especifica, uns dizem que o leite devia ter sido fervido antes, outros que o leite nao poderia ser gelado, etc...achei meio complexo apesar de ser tao simples de fazer.
    se fizer o soro do iogurte as propriedades probioticas ficam mantidas, acho, nao tenho propriedade para afirmar, mas a intuição diz que sim.
    abraços! namastê, daiane!

    ResponderExcluir