Páginas

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Vamana Karma

Terapia de emesis
O Vamana é uma das principais terapias de limpeza profunda utilizadas pela Medicina Ayurvédica, sendo considerado o principal procedimento de desintoxicação, de remoção do dosha kapha e de todos os distúrbios relacionados com seu desequilíbrio. Faz parte de um intenso e potente grupo de procedimentos para eliminação de toxinas chamado de panchakarma – que compreende cinco métodos de limpeza plena do corpo e da mente.

O vamana, ou vômito terapêutico remove o excesso de kapha acumulado presentes no estômago e no trato respiratório. O tratamento leva em média sete dias para ser efetuado, sendo necessário que o paciente se prepare para o momento da emesis. Esta preparação é chamada pela ayurveda de purvakarma e é de extrema importância. Integrando o purvakarma do vamana estão a dieta apropriada, a ingestão de ervas, a oleação interna, massagem e sauna que juntas trabalharão para a mobilização de toxinas espalhas e impregnadas nos órgãos e tecidos do corpo.  A ayurveda nos ensina que as toxinas tem a característica principal de ser pegajosa e que por esta razão grudam nos tecidos. Durante o purvakarma é realizada a massagem abhyanga, que com seus movimentos vigorosos facilita a penetração do óleo através da pele e o corpo é aquecido pelo vapor do swedana, para que lentamente as toxinas sejam amolecidas, desgrudadas e direcionadas em retorno ao estômago - local onde o desequilibrio relacionado ao dosha kapha se inicia antes de transbordar para o resto do corpo, para somente então serem eliminadas através do vômito induzido.

Para a indução do vômito são utilizadas ervas com característica potente, penetrante e aquecedora e que penetrem profundamente nos canais para facilitar a fluidificação do muco:cálamo (achorus calamus),  cardamomo, ervas eméticas como o Yashtimadhu ou alcaçuz(glycyrrhiza glabra) - visivel na imagem ao lado,  madan phal (randia dymotorum), entre outras. O paciente também é instruído a ingerir no dia anterior ao vamana alimentos que aumentem o dosha kapha como banana e leite para gerar uma irritação. Na manha seguinte, o paciente ingere em jejum antes da prática vômito uma quantidade grande da decocção destas ervas e alguns copos de leite para facilitar a emesis. O número de vezes que o paciente deve vomitar vai de 4 a 8 vezes ou até o terapeuta constatar que todo o líquido que foi ingerido foi expelido.


Principais indicações do Vamana Karma
- indigestão crônica;
- alergias respiratórias;
- sinusite e renite;
- tosse, resfriados freqüentes, bronquite e outros desequilíbrios do sistema respiratório que envolvam acumulo de muco;
- doenças crônicas como diabetes;
- edema;
- obesidade;
- obstrução linfática;
- amigdalites repetitivas;
- leucorréias de natureza Pitta e kapha;
- lentidão e sono excessivo;
- hipotiroidismo;
- apego e vontade fraca;
- todos os desequilíbrios relacionados com excesso do dosha kapha no organismo




A terapia do vamana tem como melhor época para ser realizada durante a primavera, estação que falicita a remoção deste dosha por ser quente e amena. O vamana é considerado um tratamento operatório e nunca deve ser realizado sozinho, podendo acarretar em intoxicação e redução da vitalidade, por esta razão sempre procure um médico ou terapeuta treinado para lidar com as possíveis intercorrências da prática. As práticas de desintoxicação da ayurveda além de removerem a causa raíz dos desequilíbrios e nos aproximar da nossa constituição original são grandes catalizadoras em processos de mudança e transformação de padrões mentais por tocarem profundamente camadas invisíveis do nosso organismo, promovendo através da purificação abertura e expansão dos nossos canais físicos e energéticos e permitindo que prana - a energia vital, flua em harmonia com energia universal.

Um comentário:

  1. Perfeita descrição. Gratidão por compartilhar este precioso conhecimento.

    ResponderExcluir