Páginas

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin

terça-feira, 29 de maio de 2012

10 Motivos Para Amar a Naturologia

Texto de Rafael Nova


10 Motivos Para Amar a Naturologia 

No Brasil, na década de 90, aconteceu uma intensificação na busca pelas terapias naturais. Nesse período muitas técnicas chegaram ao Brasil, e por uma necessidade de mercado logo surgiram os cursos de Nível Superior para atender a demanda. Nasciam aí os primeiros profissionaisNaturólogos. 

Contudo, a Naturologia tem se consolidado não só como um agrupado de terapias naturais para atendimento em saúde, mas como uma nova proposta de cuidado. O diferencial desta profissão é o modo como enxerga e trata os seres: dentro de uma perspectiva holística. 

A seguir, veja 10 motivos para começar a amar a Naturologia e conheça um pouco mais sobre essa fascinante e nova área de conhecimento:


10. A Proposta 

A Naturologia propõe integralidade. Ela enxerga saúde como algo que vai além do corpo: inclui as emoções, o estado mental, as relações sociais, a energia, etc. 

O foco não está nas patologias e sim no bem estar. Ao tirar o olhar da patologia e levar para a pessoa, diversos tipos de queixas podem ser tratadas, em qualquer idade – crianças, jovens, adultos, idosos. 

Você pode procurar um Naturólogo diante de qualquer mal estar. Ele te ajudará a compreender as origens desse mal estar e como ele está afetando as outras áreas da sua vida. Tudo está interligado.  

9. A Complementariedade

A Naturologia não se apresenta como alternativa a nenhum tratamento médico, ou a outros profissionais. Sua ação é complementar, e por isso mesmo potencializadora. 

O Naturólogo consegue perceber as relações entre as informações que as demais áreas da saúde coletam, e orientá-las para um tratamento mais eficiente. É asinergia. 

Em casos crônicos, as técnicas e a visão da Naturologia podem ajudar a melhorar os quadros e a qualidade de vida. Em situações comuns, pode apoiar os tratamentos convencionais oferecendo recursos extras e naturais. 


8. A Singularidade 

Embora exista uma conexão entre todos, cada indivíduo é único. Ao recebê-lo em seu consultório, o Naturólogo vai avaliar e conhecer você, seu corpo, sua vida. 

Essas informações preciosas orientam o tratamento. Ele é feito para você: sua personalidade, sua constituição. Por não focar em doenças, queixas semelhantes podem ter tratamentos bem diferentes. 

O termo “personalizado” ou “customizado” parece se adequar à ideia. A sua manifestação é singular, e merece ser considerada como uma parte determinante no modo como sua saúde é tratada. 



7. O Atendimento 

Os atendimentos comumente incluem uma conversa terapêutica e uma aplicação prática. Alguns aplicam o termo “Sessão de Interagência” para designar essas atividades, e "Interagente" para se referir à pessoa atendida. 

Você é convidado a participar com suas ideias, impressões e opiniões a todo o momento. É o feedback que orienta a terapêutica, e ajuda a revelar os resultados. 

Ampliar a percepção do indivíduo ajuda-o a ver coisas novas no que parece já tão consolidado. Isso facilita a encontrar maneiras de recuperar o bem estar, e a entender melhor você mesmo e o outro. 

6. O Profissional 

Ser atendido por um Naturólogo é uma experiência única. Comumente são pessoas criativas e acolhedoras, bastante atentas ao que você está falando e também ao que você não fala, mas comunica através dos relatos, ações e posturas. 

Ele também é um questionador e um problematizador, de modo a ajudar você a pensar mais sobre sua vida. 

Conforme escolhe as práticas mais adequadas, ele o encoraja a experimentar o novo e a ter autonomia. O Naturólogo também realiza uma troca de experiências, que contribui para a interação e o crescimento de ambos. 

5. A Natureza 

Todos conhecemos a sensação de sair de uma cidade grande e cinza, e encontrar um campo, uma praia, ou um ambiente repleto de verde. Desde muito a natureza inspira paz e refazimento. 

A Naturologia utiliza recursos naturais como plantas medicinais, cores, arte, música, o toque, a energia, entre outros. Elas reproduzem a sensação de estar “em casa”, e nutrindo nossas raízes humanas. 

Além disso, ao ajudar você a se perceber melhor, você também passa a conhecer sua própria natureza. Como seu corpo funciona, suas emoções, reações, potenciais, e defesas. 

4. O Autoconhecimento 

Muitas vezes não nos damos conta, mas repetimos padrões ao longo dos anos, que nem sempre nos fazem bem. Às vezes eles nos sabotam e vão minando nossas relações e nossa saúde. 

Embora separemos com a finalidade de estudar, corpo, psique, energia, formam um conjunto. Nossas atitudes refletem em nosso corpo, e até mesmo nossas emoções podem gerar doenças físicas. 

Saber quem você é e como você é, pode não só trazer mais poder de escolha, mas também um sentido para suas experiências de vida. A Naturologia apoia e auxilia no autoconhecimento não só pela conversa, mas pela experiência através das terapias naturais. 

3. A Qualidade de Vida 

Pessoas com doenças físicas podem ter sua qualidade de vida prejudicada. Contudo, pessoas com doenças físicas podem também ter uma qualidade de vida superior àquelas consideradas fisicamente “saudáveis”. 

Qualidade de vida não é apenas a condição do seu organismo, mas envolve um mundo de relações, disposições e percepções. Você pode sentir um bem estar independente de estar, ou não, manifestando alguma patologia. 

A Naturologia se envolve intimamente com a qualidade de vida do ser humano, seja a nível individual ou coletivo. É um dos objetivos nos atendimentos realizados pelo Naturólogo. 


2. A Vitalidade 

Os médicos chineses falavam do Qi, os médicos da Índia sobre o prana, os xamãs se referiam ao mana. Muitas culturas identificaram e mencionam um tipo de energia vital que permeava o organismo. 

A condição desta energia se refletia no funcionamento dos órgãos. Ela poderia sofrer baixas, bloqueios e altas. Além disso, foram criadas técnicas para sua manipulação. 

O atendimento Naturológico procura avaliar também suavitalidade – seu ânimo e disposição para realizar as coisas. A energia vital do seres e ambientes é um dos importantes fatores da saúde integral. 


1. A Saúde

Para a Naturologia, ser saudável é se sentir bem, compreender as mensagens que nos chegam pelo corpo ou pelos acontecimentos da vida. É estar orientado e em desenvolvimento. 

A vida é uma continuidade de fatos e fases, e a adaptação é uma maneira de ter saúde. Mas não apenas se adaptar para sobreviver, e sim viver com gosto, com ânimo e realização. 

O Naturólogo busca desenvolver esta saúde junto do seu Interagente, ou onde quer que atue. É um modo ampliado de ver e compreender a si mesmo, de saborear a existência.



- Rafael A. L. Fonseca 
Naturólogo, avalia e trata a distância pessoas, casas e ambientes.
Contato: rafaelnaturologia@gmail.com.
responsável pelo excelente blog www.rafaelnova.com





Nenhum comentário:

Postar um comentário